Como evitar a ruptura de estoque dos seus produtos nos pontos de venda.

Produtos nos pontos de venda – A ruptura de estoque acontece quando há uma demanda de vendas, mas o item não está disponível na gôndola para venda na loja.  Além do prejuízo da perda da venda, existem outros problemas graves que podem ocorrer como a insatisfação do cliente, uma possível imagem negativa sobre a empresa, e o risco de perdê-lo para o concorrente. Por isso é tão importante evitar que esse tipo de falha ocorra.

Confira, a seguir, algumas maneira de evitar a ruptura e garantir o sell out dos produtos.

Reposição das gôndolas

Mesmo que o produto esteja em estoque, se ele não estiver disponível na gôndola, a venda deixa de acontecer. Portanto, deve-se ter atenção constante com relação à reposição das mercadorias.
Vale lembrar que quanto menor for o espaço para o produto na prateleira, maior deve ser a frequência de reposição.

Planejamento de promoções

A realização de promoções, ajuda muito a atrair mais clientes e a alavancar as vendas. Porém, elas devem ser planejadas com cuidado, levando em consideração a quantidade e o sortimento dos produtos adicionais nas lojas, para evitar que os índices de ruptura se elevem e causem insatisfação nos clientes que chegam para comprar e não encontram a mercadoria desejada.

Organização dos produtos

Para que todos registros, análises e estratégias sejam assertivos, é fundamental garantir a organização do estoque. Isso envolve eliminar duplicidades no cadastro dos itens (seja de nome ou de código), realizar o endereçamento correto dos produtos e manter esse padrão rotineiramente, como planejado.
Essa organização também deve ser mantida nas prateleiras, colocando os produtos nas posições corretas, organizando itens que possam estar fora do lugar (por clientes que colocaram no lugar errado ou no caso de chegarem ao caixa, mas não serem vendidos, por exemplo).

Estoque virtual

O estoque virtual é a informação que há no controle de estoque da loja — que pode ser feito via sistema, ou por meio de planilhas — e que deveria ser exatamente igual ao estoque físico disponível.
Porém, muitas vezes, isso não acontece. O sistema pode informar que os produtos estão disponíveis, mas na verdade já foram vendidos.
E por que?
Vamos dar um exemplo. Um problema que pode levar à ruptura é quando um cliente compra 5 sucos de sabores diferentes, mas o caixa registra todos como sendo o mesmo sabor.
A informação estará incorreta: se terá a ideia de que o item está no depósito, porém estará esgotado, ou com quantidades menores do que o previsto.
Por isso, é importante que a equipe de campo sempre faça as verificações de presença de produtos, ruptura e estoque virtual e reporte imediatamente à equipe de vendas para que medidas corretivas sejam tomadas

Inventários periódicos

A realização de inventários cíclicos ajuda a identificar furos, problemas de produtos em locações erradas e a manter a organização do estoque e das prateleiras, bem como a coerência entre as informações reais e as que estão disponíveis no sistema.
Além disso, com a identificação das causas das falhas, o gestor poderá elaborar planos de ação que visem corrigir esse problemas e evitar sua reincidência.
Como vimos, é preciso manter o estoque organizado e bem abastecido, evitando que a ruptura ocorra. O acompanhamento constante e a implementação de melhorias, além de ajudar nessa tarefa, permitem que resultados cada vez melhores sejam alcançados.
Gostou desse artigo? Então aproveite para nos seguir nas redes sociais e acompanhar, em primeira mão, os conteúdos que são postados aqui no blog, além de outras novidades!